A pandemia do coronavírus evidenciou um dos maiores problemas sociais do Brasil: o desemprego. De acordo com pesquisas realizadas recentemente, durante este período, mais de 25 milhões de brasileiros entrarão para a lista de desempregados. E nesse cenário preocupante, o trabalhador pode estar se perguntando como ele pode solicitar o auxílio do seguro-desemprego. Saiba como a seguir:

O trabalhador brasileiro é regido por alguns direitos que proporcionam segurança financeira para a sua prestação de serviços e um deles é o seguro desemprego. Esse recurso é pago entre 3 e 5 parcelas, vindo a depender diretamente do tempo de trabalho do cidadão. Por exemplo:

  • Para receber 3 parcelas, é necessário ter, pelo menos, 9 meses de carteira assinada;
  • Para receber 4 parcelas, é necessário ter, pelo menos, 12 meses de carteira assinada;
  • Para receber 5 parcelas, é necessário ter, pelo menos, 24 meses de carteira assinada.

Uma outra informação importante sobre o seguro desemprego é que, além do tempo de serviço, para ter acesso ao auxílio o beneficiário precisa ter sido dispensado de seu cargo sem a apresentação de justa causa.

Entretanto, com a recorrente crise do coronavírus, um dos benefícios mais importantes para o trabalhador brasileiro precisou passar por algumas mudanças, assim como a própria categoria de serviço como é o caso da redução do salário e da jornada durante crise do coronavírus.

Essas medidas visam evitar um colapso econômico por conta do desemprego causado pela pandemia e por isso, facilitar o acesso ao seguro desemprego e diminuir a carga horária de serviço se tornaram opções facilitadas.

E como posso solicitar o seguro desemprego durante a pandemia?

Quem acabou perdendo o emprego durante a crise do coronavírus se depara também todas as agências do trabalho de todos os estados fechadas. Então como pedir o seu auxílio?

Se você se encontra nessa situação, é bom ficar sabendo que é possível fazer a solicitação do seu benefício através de meios eletrônicos. Essa requerimento pode ser feito de duas formas:

  • Através do site www.gov.br;
  • Através do aplicativo Carteira de Trabalho Digital, disponível para Android e IOS.

Realizar a solicitação é simples e as próprias plataformas já dão as instruções de como proceder e preencher os campos obrigatórios. Vale lembrar que o pedido precisa ser realizado de 7 a 120 dias após a demissão formal.

O benefício será pago pela Caixa Econômica Federal, que já garantiu aos trabalhadores que não possuem conta na instituição financeira e não possuem o Cartão Cidadão que o valor será entregue de forma facilitada.

Fonte: segurodesemprego2020.com.br

Como pedir o seguro-desemprego em meio à pandemia